25 de nov de 2008

IV Semana Vivencial CEJA - atividade 2

Caro cursista,
Assista ao Vídeo “Ilha das Flores” que está no CD-ROM e faça um comentário reflexivo sobre o seu entendimento e poste noBlog do curso.
Bons estudos!!!!!
Célia

11 comentários:

terezinha de jesus pereira saldanha disse...

Comentário Ilha das Flores
No filme, a economia capitalista gera relações desiguais entre os seres humanos. Demonstra claramente a comercialização voltada para o lucro de algumas pessoas, que procuram através dela sua sobrevivência. Retrata de maneira crítica a desigualdade social existente no Brasil, chegando a animalizar os seres humanos.

elinete disse...

O filme "Ilha das Flores" relata fatos em Porto Alegre-RS, onde existe um lugar chamado Ilha das Flores, mas na verdade deveria ser denominado "Lixo da Miséria",faz relação com tudo que rodeia o homem e mostra a realidade cruel que muitas pessoas vivem e convivem, tirando o seu alimento diário dos restos do lixo . Saber que existe situações como esta nos comove e faz refletir sobre as condições precária de sobrevivência que muitos enfrentam neste País, onde ser humano é colocado após os porcos.
Diante de todo o contexto, isso nos faz acreditar que existem uma negligência de políticas públicas que venham a atender essas necessidades, pelas quais passam seres humanos.

Blog de Ana M. Dantas no curso Educação Digital disse...

O filme Ilha das Flores aborda um tema preocupante para a atual sociedade super consumista, individualista e em alguns aspectos até cruel.
Através de uma narrativa descontraída e inteligente, o filme aborda a questão do lixo nos dias atuais, levando-nos a refletir sobre sua produção, acumulação, destino e consequências.
Partindo do individual para o geral, a narrativa nos coloca a premissa de que somos um minúsculo ponto de uma complexa rede, tecida historica, social, cultural, econômica e biologicamente, que conecta todos os seres do planeta, especialmente os humanos.
O filme também nos leva a refletir sobre as misérias que muitos seres humanos estão submetidos numa sociedade consumista, onde lixo, problema grave da sociedade passa a fazer parte da sobrevivência e degradação de muitas pessoas cuja última opção é a "margem" do processo de desenvolvimento da sociedade cada vez mais desenvolvida.

silvanete disse...

comentário do filme "ilha das flores" no mundo de economia capitalista o planeta e o homem sofrendo grandes transformações.Enquanto para alguns o acesso a tecnologia é muito importante e primordial, para alguns não há a menor condição de vida e nem serviços básicos como:saúde, moradia,saúde,educação, trabalho etc.O filme retrata e crítica a deficiência e a falta de alimentos em nosso planeta,a desigualdade social e o homem dividindo alimentos.

gliciamaria disse...

O filme Ilha das Flores retrata uma realidade de uma comunidade em Porto Alegre- RS, evidenciando as desigualdades sociais, econômica, políticas e culturais, que o modelo de sistema capitalista adotado pela nossa sociedade causa. Esse modelo de produção gera uma ganância desmedida em busca de riquezas e altos lucros para alguns e pobreza e nenhuma qualidade de vida para muitos que não tem como bascar sua própria sobrevivência.
A realidade de ilhas das flores está presente em muitos outros lugares do Brasil, onde milhares de seres humanos estão submetidos as condições de vidas subhumanas tendo o seu lugar depois dos animais irracionais, catando nos lixões os restos de alimentos impróprios para o consumo de animais imaginem para humanos, contaminados pelos lixos químicos e de bactérias em situações de humilhação e degradação humana.Esse filme nos proporciona uma reflexão para nós cidadãos dotados de direitos e deveres perceber o descaso dos nossos governantes para com esse enorme grupo de pessoas que encontra-se em estado de miséria.
Por fim cabe a nós como cidadãos reivindicar dos nossos governantes políticas públicas voltadas para esse grupo de pessoas para integrá-lo na sociedade pelo menos com condições básicas de sobrevivênciae e dignidade humana, objetivando cessar ou minimizar essas condições de miséria que estão submetidas muitas comunidades do Brasil.

Blogdemaria nevesno curso Educação Digital disse...

È um documentário que fala de um lixão chamado ILHA DAS FLORES numa comunidade em Porto Alegre RS onde as desigualdades sociais, econômicas e políticas adotam a realidade em muitos estados do nosso país.Portanto seres humanos são submetidos as condições de vidas subhumanas juntando-se aos animais para colher restos de comidas para sua sobrevivência.Isso é um problema que engloba toda a sociedade como um todo.Cabe a nós professores,pais e toda comunidade reivindicar a nossos governantes uma política voltada para essas pessoas menos favorecidas proporcionando uma vida digna e feliz.

Dessoles disse...

O filme, retrata a desigualdade social dos países capitalistas nas condições sub-humanas de famílias pobres que vivem em um dos lixões de Porto Alegre, ironicamente chamado de “Ilha das Flores”.
Neste contexto o enredo do filme aborda a realidade de muitos brasileiros, nas cenas dos moradores pobres da Ilha que estão totalmente a margem da miséria lutando pela sua sobrevivência, na disputa por lixo que nem para os porcos podem ser aproveitados. Por outro lado é possível perceber o poder aquisitivo concentrado nas mãos de uma minoria, são pessoas que possuem o poder econômico em suas mãos e através deste esbanjam o lucro gerado pela exploração do trabalho e da miséria daqueles que vivem a margem da sociedade.Essa trama envolve dinheiro,capitais que geram lucros e mais lucros e conseqüentemente mais desigualdade social.
Essa realidade vem se perdurando ao longo dos tempos, não é possível que em pleno século xxI,em meio a tantas mudanças situações dessa natureza continuem acontecendo. Diante dessa realidade é necessário que o poder público crie políticas voltada para atender essa significativa parcela da população que vivem em condições miseráveis de vida , dessa forma minimizando as suas carências,sociais, econômicas e culturais,oportunizando-os uma melhor qualidade de vida como sres humanos que são.

ROBERTO SOCIOLOGO disse...

O documentário trata da forma pelo qual o ser humano, pode ter a sua identidade transformada pelas condições ecônomicas, perfilando uma sequência de quadros, onde induzem que a condição do homem como ser superior, entre os outros animais, é relativa se comparada a necessidade de sobrevivência, indo ao extremo limiar entre o racional e irracional, quando o que não serve para alimentar um animal, é amplamente disputado por humanos destituídos de qualquer consciência de si mesmos, reduzidos a animais famitos em disputa inglória pelas sobras da cidade, que não serviram para alguém, que não servem para alimentar um animal, mas serve para alimentar outros homens.

Metodologia disse...

Edneide disse:
O filme “ilha das flores” é um documentário que relata de forma crítica a vivência de pessoas que vive abaixo da linha de pobreza tendo sua identidade transformada pelas condições econômica de um país que tem como sistema econômico o capitalismo causando a desigualdade social com a má distribuição de renda.
Através deste contexto percebemos que o homem como o ser superior estar sendo comparado aos outras animais, pela sua necessidade de sobrevivência , indo ao extremo linear entre o racional e o irracional quando não Server para alimentar os porcos da fazenda , é, amplamente disputado pelo o humano.
O documentário nos leva a fazer uma reflexão das nossas políticas públicas que esta apenas voltada para um minoria dos cidadãos deixando a maioria de fora destas políticas.

Maria disse...

O filme começa no Vilarejo de Belém Novo,parte do municipio de Porto Alegre estado do Rio Grande do Sul.Considerando um dos melhores do documentário do cinema brasileiro, o filme fala sobre a pobreza do povo brasileiro de forma única e irõnica, através da Ilha das Flores, que serve como depósito de comida que a classe média não consume e jogado serve de banquetes para os necessitados. Vê-se a realidade de grande massa da familia no Brasil; mascarada por representantes e gestores públicos.e

Blog de Francisca F no curso Educação Digital disse...

O filme Ilha das Flores retrata uma situação presente em muitas famílias brasileiras, situação de fome, miséria. No Brasil ainda há famílias que vivem em condições subhumanas,passam por humilhação, catam lixo para garantir sua sobrevivência.O filme ainda nos leva a refletir sobre a desigualdade social existente neste país.

Quem sou eu

Minha foto
O Núcleo de Tecnonologia Educacional José Augusto - Caicó/RN - Faz parte do Programa Nacionl de Formação Continuada em Tecnologia Educacional - Proinfo Integrado. Através deste Blog pretende-se registrar atividades e trocar experiências docentes durante o Curso Introdução a Educação Digital para professores e gestores das redes públicas de ensino no sistema operacional Linux Educacional e recursos básicos da Internet.